semanárioOSM 487

12/11/2019-18/11/2019

lead picture

State of the Map Asia 2019 – Dhaka, Bangladesh 1 | © NN

Mapeamento

  • A proposta (en), de SelfishSeahorse de etiquetar as faixas de rodagem nas estradas que estão explicitamente marcadas para peões, foi aberta (en) (tradução automática) à votação.
  • Clifford Snow avisa que começou (en) (tradução automática) a votação para a sua proposta (en) footway=access_aisle, que pretende assinalar passagens pedestres em parques de estacionamento.
  • A proposta (en) de SelfishSeahorse para usar footway=linkpara ligar escadas ou passeios a uma via, mudou de estado para “foi proposta”.
  • Eric Theise propõe (en) (tradução automática) que se introduza a chave mimics= para mapear as torres ou postes de comunicações disfarçadas e iniciou o pedido de proposta (en).
  • O Strava permite (en) (tradução automática) ao OSM seguir o rasto do “mapa de calor” do Strava, que é baseado nos carregamentos GPS das atividades dos seus utilizadores. O serviço afirma (en) (tradução automática) que os utilizadores carregam aproximadamente 8 milhões de atividades por semana.
  • Uma nova chave marker, que foi objeto de uma proposta e de discussões a ela associadas, foi aprovada. A chave destina-se a todos os tipos de utilidades e sugere-se que substitua pipeline=marker. Contudo, nem todos se mostram radiantes com chaves que têm usos diversos.

Comunidade

  • Michael Reichert apresentou (de) (tradução automática) um rascunho (de) (tradução automática) de uma declaração conjunta da comunidade OSM alemã com demandas para o futuro desenvolvimento de editores iD para discussão no fórum alemão e na lista de discussão (de) (tradução automática) Talk-de.
  • O OpenStreetMap noticiou no Twitter que professores de alguns países Europeus encontraram-se em Saarburg, Alemanha para uma sessão de treino em mapeamento humanitário e em hackathon, dando o pontapé de saída de um projeto Erasmus+.
  • O projeto digital milpa dedica a sua 14.ª edição (es) ao OpenStreetMap.
  • O utilizador russo de longa data Zkir foi entrevistado “em profundidade” (ru) (tradução automática) no Habr. Ele criou um canal no YouTube “OpenStreetMap e não só“, no qual ele passa em revista vários serviços e aplicações relacionados com o OSM, como o Sight Safari, OsmBuildings e outros.
  • O Index da Comunidade OSM (en) (tradução automática) é um dos recursos que permite à comunidade adicionar os diferentes canais de comunicação que usam. Esta lista pode, agora, ser visualizada e todos os canais estão à distância de um simples clique.

Importações

Fundação OpenStreetMap

  • Michael Collinson anunciou (en) (tradução automática) as questões oficiais (en) para os candidatos à próxima eleição do conselho da OSMF.
  • No GitHub, Ian Dees sugere (en) a introdução de chaves API para os servidores OSMF e propõe software escrito por ele mesmo. A sua motivação parece ser a sobrecarga em algumas regiões onde o OSMF não tem doações de hardware. Tom Hughes, um dos administradores, indica que o software que Ian desenvolveu não é adequado para a configuração, que tem mais de 40 servidores de cache. (tradução automática)

Eventos

  • Marcel Reinmuth, do Grupo de Pesquisa GIScience da Universidade de Heidelberg, efetuará (de) uma palestra sobre o seu estágio na equipa HOT do Uganda. A palestra está agendada para 28 de Novembro em Heidelberg, na Alemanha. (tradução automática)
  • Apresentações e vídeos locais da conferência State of the Map CZ+SK 2019 estão disponíveis.
  • Yeni IRM-RV descreve (en) as suas impressões sobre o State of the Map da Ásia 2019, realizado em Dhaka, no Bangladesh, num artigo ilustrado no seu diário de utilizador OSM. (tradução automática)

OSM Humanitário

  • Felix Delattre informou (en) (tradução automática) os utilizadores do Gestor de Tarefas da HOT sobre o estado instável da ferramenta, após um procedimento de manutenção. O problema ocorreu durante o pior momento possível no GeoWeek com muitos mapathons planeados. O sistema voltou a estar online (en) (tradução automática) algumas horas depois.

Licenças

  • O Facebook fornece (en) conjuntos de dados com estradas sob a licença MIT, que foram detetados com sua tecnologia de inteligência artificial e dados OSM – ou dados de estrada OSM ausentes, para sermos precisos. Rory McCann pergunta (en) (tradução automática) na discussão da Lista de Discussão se estes registos não estão sob a cláusula Share-Alike da ODbL.

Software

  • A Jungle-Bus anuncia o seu novo editor: Busy Hours (en), um editor web para horários de transportes. Permite definir horas de operação, horas de ponta e horas mortas e a frequência nestes horários. O editor baseia-se nas etiquetas da proposta (en) que foi votada em dezembro passado. É necessária ajuda para a tornar disponível noutras línguas. 😉
  • A aplicação de rotas Ski Nav foi lançada em iOS e Android com uma demonstração baseada no browser também disponível. O utilizador jancellor escreveu uma entrada no diário (en) (tradução automática) sobre como os dados OSM são processados e combinados com os dados de elevação da NASA para tornar possível traçar rotas num mapa 3D com uma visão semelhante à dos mapas oficiais em papel.
  • A RustProof Labs, uma empresa de consultadoria em Tecnologias de Informação do Colorado, publicou (en) o PgOSM no GitHub, uma ferramenta sob licença do MIT que visa facilitar o acesso a dados espaciais de código aberto, fornecendo uma maneira simples de carregar arquivos *.pbf para o PostGIS. (tradução automática)
  • Inga Pöting fez a revisão (de) (tradução automática) da aplicação de navegação Magic Earth (en) (tradução automática) do ponto de vista do seu respeito pela privacidade do utilizador. Como a General Magic faz grandes esforços para respeitar a privacidade de seus usuários, a Magic Earth pode ser recomendada sem restrições.
  • Um programador russo Maxim Ilyukovich desenvolveu uma aplicação móvel, até agora apenas para Android, que permite construir rotas turísticas interessantes em São Petersburgo, na Rússia. A aplicação é baseada em OSM. Maxim também contou (ru) detalhadamente como trabalhou na app. (tradução automática)

Programação

  • Um novo artigo foi publicado no Habr pelo utilizador provotor, no qual ele partilha (ru) uma experiência de importação de dados do OSM. (tradução automática)

Releases

  • Passados mais de três anos (9/6/2016), uma nova versão do Merkaartor foi lançada. “Apenas” um bugfix-release com alguns ajustes, mas pelo menos eles ainda estão a trabalhar nele. Graças a Krakanos.
  • A equipa OsmAnd anunciou (en) o lançamento da versão 3.5 do seu software Android de navegação. As definições da aplicação e do perfil, bem como a caixa de diálogo de transferência do mapa foram actualizadas e o mapa base oferece uma rede rodoviária mais detalhada. Para as pessoas que planeiam esquiar durante o inverno, o aplicativo agora oferece rotas de esqui.
  • O Missing Maps produziu um vídeo que promove o uso do KoBo, fornecendo uma breve introdução sobre o uso do KoBo e apontando para as vantagens do mapeamento do próprio bairro. Ele também faz um link para uma página de resumo.

Sabia que…\Conhece…

  • …. pode aceder às características do mapa no iD, que foram extraídas pelo Mapillary das suas imagens da rua? O Mapillary anuncia (en) o novo layer, que pode encontrar na aba de dados do mapa da iD, no Twitter.
  • … o website MyWay (ru), que lhe permite encontrar um caminho conveniente no Metro de Moscovo, na Rússia? O serviço é desenvolvido pela empresa russa NextGIS.
  • … os vários validadores (ru) pelo utilizador russo Cupivan? O serviço fornece algumas validações incomuns, como perigos, entradas de edifícios ou heliportos.
  • … o Validador de Wowik (ru) (tradução automática)? O validador pode encontrar potenciais problemas com estradas e locais em falta, principalmente na Rússia e países vizinhos, mas também em outros países como Nepal ou Alemanha. Além disso, a ferramenta oferece os arquivos Polygon necessários para cortar extratos OSM em parcelas menores.

OSM nos média

  • Antes do SotM LATAM 2019, a ONG TEDIC publicou (es) um artigo sobre o OpenStreetMap e a representação do espaço.

Outras coisas “geo”

  • Dan Cookson utilizou a recolha de dados abertos de códigos postais do Reino Unido, efetuada ao longo de 10 anos, para criar uma animação (en) de novos códigos postais, que são um proxy para novas habitações.
  • Joaquin Beltran tweetou uma animação de leituras digitalizadas dos mapas militares das situações de desembarques do dia D na Normandia em 1944.
  • O prazo limite para a apresentação de um artigo à 17ª Conferência Internacional de Sistemas de Informação para a Resposta e Gestão de Crises (International Conference on Information Systems for Crisis Response and Management – ISCRAM 2020) é 6 de Dezembro de 2019. A ISCRAM 2020 (en) será realizada na VirginiaTec, em Blacksburg Virginia, EUA, de 24 a 27 de maio de 2020.
  • A Ponte do Mosela Alto (en), actualmente o maior projecto de construção de pontes da Europa e a segunda maior ponte da Alemanha, foi finalmente concluída e lançada (en), após 8 anos de construção. Milhares de cidadãos comemoraram este facto 160 m acima do vale do Mosela. A ponte cria agora uma ligação rodoviária directa entre a região do Reno-Meno e os países do Benelux. Enquanto isso, o tráfego na B 50n também foi aberto. O OSM é, naturalmente, um dos primeiros a registar o acontecimento.
  • A Universidade Australiana de Swinburne apresenta (en) um artigo sobre uma pesquisa que investigou a importância de imagens de referência em aplicações de navegação móvel para a localização de rotas. A pesquisa mostra que as imagens de pontos de referência podem compensar o menor conhecimento espacial que os utilizadores de mapas móveis têm, em comparação com os utilizadores de mapas em papel. (tradução automática)
  • QuoVadis lançou (en) a atualização para QV7, QuoVadis X (QVX). QVX é uma ferramenta de planeamento de rotas que pode ser usada para criar e gerir rotas para carregar para o seu dispositivo GPS.
  • Ciarian Staunton descobriu um arquivo de TV (en), de 1985, que mostra os inícios da informatização de mapas topográficos na Irlanda.
  • Joe Morrison considera (en) que alternativas maduras e de código aberto não estão a perturbar o negócio principal da Esri e explica as razões da sua conclusão num artigo abrangente em medium.com. (tradução automática)
  • A StrelkaMag publicou o mapa interactivo “A história da habitação em Moscovo” (ru). O site, que infelizmente não pode ser traduzido automaticamente, exibe o desenvolvimento das áreas de habitação de 1785 até hoje. Mesmo sem entender russo, pode descobrir o crescimento da cidade de Moscovo em números de habitação, bem como na extensão espacial, ao longo de diferentes períodos, como nas eras de Lenine ou de Estaline.
  • Há cerca de um ano, o Yandex (o Google Russo) lançou (ru) um serviço semelhante ao da Mapillary – uma recolha de imagens panorâmicas dos utilizadores (feitas sobretudo com DVR para automóveis). Agora, estas imagens encontram-se disponíveis em Yandex.Maps na secção “Zerkala” (Mirrors). (tradução automática)

Próximos eventos

Onde O quê? Data País
Salt Lake City OSM Utah Mapping Night 2019-11-26 united states
Rémire-Montjoly Réunion mensuelle OSM Guyane 2019-11-26 france
Zurique Missing Maps Mapathon Zürich 2019-11-27 switzerland
Düsseldorf Stammtisch 2019-11-27 germany
Singen Stammtisch Bodensee 2019-11-27 germany
Kilkenny Kilkenny Mapping Event 2019-11-30 ireland
Nantes Participation à « Nantes en sciences » 2019-11-30 france
Ivrea Incontro Mensile 2019-11-30 italy
Toronto Toronto Mappy Hour 2019-12-02 canada
Žilina Missing Maps Mapathon Žilina #7 2019-12-02 slovakia
Budapeste OSM Hungary Knowledge Sharing Meeting 2019-12-02 hungary
Londres Missing Maps London 2019-12-03 united kingdom
Estugarda Stuttgarter Stammtisch 2019-12-04 germany
Estugarda Stuttgarter Stammtisch 2019-12-04 germany
Bochum Mappertreffen 2019-12-05 germany
San José Civic Hack & Map Night 2019-12-05 united states
Ulmer Alb Stammtisch Ulmer Alb 2019-12-05 germany
Dortmund Mappertreffen 2019-12-05 germany
Digne-les-Bains Soirée spéciale OpenStreetMap 2019-12-05 france
Belgrado OSM Serbia Meetup 2019-12-07 serbia
AoA and other changes Voting on OSMF board elections 2019-12-07-2019-12-14 world
Grande Região Nordeste Mapeia Nordeste 2019-12-07 brazil
Taipé OSM x Wikidata #11 2019-12-09 taiwan
Salt Lake City SLC Mappy Hour 2019-12-10 united states
Hamburgo Hamburger Mappertreffen 2019-12-10 germany
Viersen OSM Stammtisch Viersen 2019-12-10 germany
Mannheim Mannheimer Mapathons 2019-12-12 germany
Munique Münchner Stammtisch 2019-12-12 germany
Nantes Réunion mensuelle 2019-12-12 france
Berlim 138. Berlin-Brandenburg Stammtisch 2019-12-13 germany
Berlim DB Open Data XMAS Hack 2019-12-13-2019-12-14 germany
Luneburgo Lüneburger Mappertreffen 2019-12-17 germany
Nottingham Nottingham pub meetup 2019-12-17 united kingdom
Cidade do Cabo State of the Map 2020 2020-07-03-2020-07-05 south africa

Nota: Se pretender ver o seu evento aqui, por favor coloque-o no calendário. Só dados lá colocados aparecerão no weeklyOSM. Por favor, verifique o seu evento na nossa pré-visualização pública, e corrija-a se necessário.

Este semanárioOSM foi produzido por Elizabete, Nakaner, NunoMASAzevedo, Rogehm, SK53, Silka123, Guillaume Rischard (Stereo), SunCobalt, TheSwavu, derFred.