OSM semanal 507

31/03/2020-06/04/2020

lead picture

A tendência observada por Pascal Neis na semana de 16 de março parece ter sido quebrada.
1 | © Pascal Neis © map data OpenStreetMap contributors

Mapeamento

  • [1] Pascal Neis sublinha o decréscimo na atividade diária do OSM, mas não tem certeza se este fato deve ser atribuído à COVID19 ou devido as pessoas terem coisas mais importantes para fazer, menos atividades externas ou mapeadores pagos menos ativos. Nos seus dois Tweets, ele forneceu gráficos de mapeadores diários ativos e uma estatística de uso do editor para o último mês, juntamente com os dados brutos.
  • Phyks perguntou (en) (tradução automática) se uma ciclovia pode ser limitada ao ciclismo de montanha, com o sentimento de que a referência highway=cycleway é mais para ciclismo urbano. Estamos certos de que uma das mais de 80 respostas (en) (tradução automática), no tópico da lista de discussão, o ajudaram no esclarecimento da sua dúvida.
  • Ty Stockman sugere (en) a extensão da etiquetagem de instalações médicas com urgent_care=yes/no. No entanto, o termo “cuidados urgentes” não parece combinar perfeitamente com o que ele quis dizer. (tradução automática)
  • Georg von der Howen deparou-se com uma discussão na Reddit (en) sobre o mapeamento de horários alterados durante a pandemia da COVID19 que ele gostaria de levar a um público mais amplo. Existem atualmente cinco etiquetas com o nome:covid19 que permitem aos utilizadores etiquetar informações diferentes que se aplicam apenas enquanto a crise durar. O nome :covid19 pode ser aplicado a opening_hours (horário de abertura), description (descrição), note (nota), delivery (entregas) e takeaway. A origem destas extensões parece estar em França, com muitos locais em Paris já etiquetados desta forma. (tradução automática)
  • Pascal Neis tornou disponível mais um serviço para os utilizadores. No Twitter anunciou a disponibilidade de um mapa, que mostra as mais recentes alterações por camada.

Comunidade

  • Ça reste ouvert, o mapa dos locais abertos durante o encerramento da COVID-19, recolheu os horários de abertura em França para quase 20.000 objetos no prazo de três semanas.A comunidade francesa colabora com várias comunidades e acrescentou novos países ao mapa: Alemanha, Suíça e Áustria (como “Bleibt offen“), assim como Espanha e Andorra. O repositório GitHub disponibiliza um modelo de edição para solicitar cobertura para os diferentes países.A prestadora de serviços francesa TransWay publicou uma aplicação móvel para iOS. Eric Afenyo está a desenvolver uma para Android.
  • Ed Freyfogle da OpenCage Data e Geomob falaram (en) (tradução automática) com Andy Allan, um OSMer de longa data e Geomobster, criador de OpenCycleMap, e fundador de Thunderforest. Eles discutem a construção de uma ideia de negócio, de geo negócio em geral, e especificamente os desafios de criar um negócio em torno do OpenStreetMap.
  • Austin Bell deu início (en) (tradução automática) a um novo podcast sobre o OSM, intitulado “Nodes and Ways” (en). No primeiro episódio, ele entrevistou Maggie Cawley, Diretora Executiva do OpenStreetMap US.
  • No início de abril teve lugar uma semana de campanha na comunidade OSM russa (de 30 de março a 5 de abril). Foi dedicada ao notas finais (ru). 48 participantes fecharam quase 1,5 mil nós durante esta semana. No entanto, mais de 19 mil nós ainda estão abertos em todo o território da Rússia. (tradução automática)
  • Valery Trubin continuou a série de entrevistas com os OSMers. Conversou com Alexander Pavlyuk (ru) (tradução automática) sobre fazer ortofotos a partir de aviões e Maxim Dubinin (ru) (tradução automática) sobre a qualidade dos dados do OSM e sobre o porquê de muita gente não confiar neles.

Importação de dados

Fundação OpenStreetMap

  • Joost Schouppe do conselho da OSMF anunciou (en) (tradução automática) o início do Comité de Microcréditos (en).
  • Michael Spreng, do Grupo de Trabalho de Membros da OSMF, publicou (en) (tradução automática) uma proposta de adesão gratuita à OSMF para pessoas que fizeram uma “grande contribuição” ao projeto. A sugestão é conceder uma filiação gratuita para solicitar mapeadores que tenham contribuído pelo menos 42 dias de calendário nos últimos 365 dias. Será solicitado a dar um feedback, escrevendo um comentário para o post do blogue ou e-mails para o tópico da lista de discussão do OSMF ou para o Grupo de Trabalho de Membros, diretamente.

Mapas

  • O governo irlandês fornece um mapa, baseado no OSM, que mostra o raio de 2 km que limita os seus movimentos não essenciais em sua casa, devido às restrições sociais impostas para combater a COVID-19.
  • Primera Edición noticia (es) (tradução automática) que a Província de Misiones, na Argentina, elaborou um mapa que permite aos utilizadores visualizar serviços essenciais próximos, não violando o decreto de isolamento. O mapa foi criado utilizando o uMap.
  • O Instituto de Geoinformação e Tecnologia de Heidelberg (HeiGIT), da Universidade de Heidelberg, desenvolveu (en) (tradução automática), juntamente com Markus Ries, do Centro de Medicina Pediátrica e para Adolescentes, um Mapa de Ensaios Clínicos COVID-19 (en) (tradução automática).

switch2OSM

  • O projeto russo “Historical memory of the cities(ru) (Memória Histórica das Cidades) é um website no qual antropólogos e sociólogos publicam fragmentos de histórias de tradição oral de diferentes oradores sobre o seu lar, bairro ou cidade. Utiliza OSM como mapa-base. (tradução automática)

Dados abertos

  • A Comissão Geoespacial Britânica anunciou (en) (tradução automática) que identificadores únicos para endereços e ruas estarão disponíveis como dados abertos, sob a Licença de Dados Abertos do Governo, a partir de julho de 2020. Owen Boswarva tweetou (en) um fio condutor de uma análise preliminar detalhada. Os endereços reais permanecem propriedade e quaisquer geometrias associadas serão generalizadas.

Software

  • AnyFinder – uma app POI finder para iOS – adicionou suporte para as, atualmente cinco etiquetas, denominadas :covid19. O responsável pelo seu desenvolvimento também criou uma categoria especial “COVID19” dentro da seção “Eventos” da app, onde os utilizadores podem procurar rapidamente, por exemplo, por restaurantes que agora estão fechados, mas oferecem serviços de takeaway, durante a pandemia, por lojas que agora oferecem entregas ao domicílio ou por locais com informações adicionais sobre sua operação durante a pandemia.
  • HeiGIT aumentou a quota API para o ponto final de optimização de rotas multiveículo do Openrouteservice. O endpoint de optimização do Openrouteservice é baseado no motor Vroom, de Julien Coupey.

Releases

  • O JOSM evoluiu para a versão estável 20.03. A nova versão traz apoio em árabe e árabe oriental(-Indic) e números Khmer, juntamente com vários outros pequenos melhoramentos e correções.

Você sabia que…

  • … o site onosm.org com a ajuda sobre quais as empresas que se podem adicionar ao OSM?

Outros assuntos “geo”

  • O Google está a utilizar dados de localização anônimos para produzir relatórios de mobilidade comunitária para autoridades da saúde pública, para ajudar na tomada de decisões críticas para combater a COVID-19. O post (en) (tradução automática) no blogue de Jen Fitzpatrick mostra um pouco do percurso do projeto e os relatórios estão disponíveis aqui (en) (tradução automática).
  • Esri, o líder mundial em propriedade de software de Sistemas de Informação Geográfica, apresenta (en) a disponibilidade de novas camadas no ArcGIS Online, com acesso aos dados ao vivo do OSM num post de blogue. (tradução automática)

Próximos eventos

Muitas reuniões foram canceladas – por favor verifique o calendário na página wiki.

Nota: Quer ver seu evento publicado aqui? Então adicione-o no calendário. Apenas os dados que forem inseridos lá aparecerão no weeklyOSM. Por favor, verifique as informações de seu evento através da pré-visualização pública, e corrija-a, e corrija-a se necessário.

Este semanalOSM foi produzido por Rogehm, Silka123, SunCobalt, TheSwavu, derFred, lucaslasota, osmapman.

One thought on “OSM semanal 507

Comments are closed.