OSM semanal 517

09/06/2020-15/06/2020

lead picture

Mapa de desfibriladores na Suíça 1 | © map design CC by xyztobixyz provided by SOSM | map data © OpenStreetMap contributors

Últimas notícias

  • A Mapillary anunciou (en) (tradução automática) que foi adquirida pelo Facebook. Aguardamos as implicações deste acordo e, sem dúvida, iremos relatá-lo, com mais detalhes, nas próximas semanas.

Sobre nós

  • Desde a edição #512, também temos vindo a publicar novamente em italiano. Na semana passada, a versão em russo foi recuperada. Estamos muito felizes e esperamos que, alcançando novos leitores, possamos comunicar o entusiasmo pelo OpenStreetMap.

Mapeamento

  • Provavelmente todos já viram conjuntos de alterações com uma caixa de delimitação muito grande que não ajuda a descobrir onde as alterações reais foram feitas. Frederik Ramm iniciou (en) (tradução automática) uma discussão sobre se os editores deveriam evitar mudanças com caixas de contorno tão grandes e recebeu muitas respostas.
  • patata observa (en) (tradução automática) que a atual etiquetagem das estações de carregamento com socket:tipo1 e socket:tipo2 não ajuda a responder à pergunta se o cabo de carregamento existe na estação ou se o utilizador tem de o trazer.
  • Jack Armstrong pergunta (en) (tradução automática) se mapeamos as passagens de pedestres duas vezes, ou seja, as etiquetas das passagens de pedestres nos caminhos, além dos nós de conexão das ruas. Foi-lhe dito, jocosamente, que existe um grupo Slack que tomou esta decisão de etiquetagem.
  • Erkin Alp Güney atualizou (en) (tradução automática) a sua proposta (en) para introduzir um novo esquema que visa unificar a etiquetagem das instituições educacionais, dos jardins de infância às universidades.
  • Garry Keenor pede (en) (tradução automática) comentários sobre a sua proposta (en) de etiquetar as linhas de caminhos de ferro com sistemas de eletrificação, utilizando uma 3.ª ou 4.ª linha.
  • Mike Thompson começou (en) (tradução automática) uma discussão sobre a diferença entre path e track. Bastante gente respondeu e se envolveu numa discussão interessante.
  • No seu blogue, SK53 relata (en) (tradução automática) a forma como foram construídas as moradias em terraços na vila galesa de Llanfair PG, como foram nomeadas e como os nomes mudaram ao longo dos anos – e, também, como mapear nomes de terraços no OSM. A aldeia é talvez mais conhecida com “Llanfairpwllgwyngyllgogerychwyrndrobwllantysiliogogogogogoch”, o nome do século XIX (en).
  • Nick Johnston encontrou um bug com nove anos no OSM, que também está no Apple Maps, na HERE e no TomTom. Ele encontrou o bug durante os esforços de mapeamento para melhorar a cobertura de endereços do OSM e documentou (en) (tradução automática) a sua jornada para encontrar a razão dos dados errados no seu diário de utilizador do OSM.

Comunidade

  • A cidade de Rostock está testando Mapillary em pequena escala e pede ajuda (de) (tradução automática) para alcançar o limite de consentimento para o reconhecimento de objetos. As entradas de rua, os poços de rua, os bancos, cestos e caixotes do lixo devem ser verificados, mas não várias pequenas tampas de esgotos (por exemplo, bocas de incêndio).
  • Valeriy Trubin continua a sua série de entrevistas com participantes do OSM. Desta vez ele conversou com Victor Sherb (ru) (tradução automática), o responsável pelo desenvolvimento do conhecido navegador móvel OsmAnd, e Sergei Astakhov (ru) (tradução automática), um programador experiente e uma pessoa que nos deu a conhecer mais de 150 ortofotomapas dos distritos de São Petersburgo.
  • Ilya Zverev escreveu um post (ru) (tradução automática) sobre o motivo pelo qual calcular a largura das calçadas é inútil.

Fundação OpenStreetMap

  • A ata da reunião do conselho de 21 e 22 de março de 2020, quando foi discutida a contratação de pessoal pago, foi divulgada (en) (tradução automática).
  • O Grupo de Trabalho dos Capítulos Locais e Comunidades também elaborou (en) (tradução automática) a ata da reunião de 18 de maio de 2020 .
  • A Fundação OpenStreetMap publicou agora a ata (en) (tradução automática) de uma reunião entre membros do conselho da OSMF e representantes de membros corporativos Gold do OSMF para aconselhamento sobre a contratação de pessoas pela OSMF. A ata, entre outras coisas, contém informações sobre os cargos para os quais a OSMF pode querer contratar pessoas.

Eventos

  • Christine Karch fornece uma atualização (en) (tradução automática) sobre como o formato das sessões na versão 2020 do State-of-the-Map mudará, agora que é um evento somente online. Ela também pede ajuda a qualquer pessoa com um servidor Jitsi, Mumble ou Big Blue Button que o possa disponibilizar para a conferência.
  • Manfred Stock informa (en) (tradução automática) a comunidade suíça como podem ser realizadas as conversações relâmpago e as sessões auto-organizadas durante o State of the Map 2020 virtual.
  • Uma conferência internacional “All (im)mobile, all cartographers?” (fr) (tradução automática) sobre mobilidade, circulação, fluxos e deslocamentos (métodos, ferramentas, representações, práticas e usos) terá lugar de 2 a 4 de novembro, em Toulouse, França. As contribuições podem ser enviadas até 30 de junho. Embora a conferência seja em francês, as contribuições escritas em inglês e espanhol também são bem-vindas.
  • Durante a Conferência online INSPIRE 2020 (en), Alessandro Sarretta e Marco Minghini lecionaram um workshop sobre a exploração das sinergias entre o OpenStreetMap e a INSPIRE, que é o quadro para construir uma Infraestrutura de Dados Espaciais na União Europeia. O workshop explorou as semelhanças e diferenças entre as duas iniciativas e mostrou um exemplo de integração de dados entre elas, utilizando QGIS. A apresentação e o material de apoio (conjuntos de dados, código, etc.) estão disponíveis aqui.

OSM Humanitário

  • Ismaila Seye, um dos membros fundadores do OSM Senegal, escreveu (fr) (tradução automática) à lista de correio em francês da HOT, sobre uma nova plataforma colaborativa que está a ser utilizada para recolher dados sobre inundações em Dakar.
  • A HOT e a iLAB Liberia (en) investigaram (en) (tradução automática), em conjunto, a viabilidade do uso de dados gerados a partir de imagens aéreas e de rua através da aprendizagem de máquinas para aumentar o mapeamento feito no terreno por pessoas. As áreas de estudo foram da Monróvia: imagens aéreas de 5 cm (OpenAerialMap), foram capturadas por drones e cobrem 20 quilómetros quadrados; cerca de 160 quilómetros de imagens de nível de rua (Mapillary) também foram obtidas utilizando uma câmara de trânsito (dashcam).
  • Valeriy Trubin gravou uma revisão em vídeo (ru) da aplicação móvel MapSwipe.

Educação

  • Zkir (Kirill Bondarenko) criou um tutorial (ru), em vídeo, sobre como descarregar edifícios tridimensionais do OSM para o Blender, o programa de modelagem 3D.

Mapas

  • Christian Nüssli criou um mapa de todos os desfibriladores registrados na Suíça no OSM. Ele então recebeu um grande feedback com as submissões de desfibriladores ausentes, que ele introduziu no OSM.
  • A filial russa da Greenpeace criou (ru) (tradução automática) um mapa detalhado dos incêndios de primavera na Rússia e calculou a sua área total. O “Fórum Florestal da Greenpeace” conta-nos detalhes (ru) da forma como o mapa foi criado. Além disso, um artigo (ru) (tradução automática) sobre o tema foi publicado no Kommersant (jornal conhecido na Rússia).

switch2OSM

  • Yenthe Van Ginneken tweetou (en) sobre um projeto da semana do fornecedor de sistemas comerciais Oodo (en) para integrar dados de monitorização de instalações de energia solar, fornecidos pela SolarEdge. A integração é baseada num pacote python (en) personalizado. O Oodo agora visualiza os dados, utilizando o OpenStreetMap.
  • O mapa (ru) (tradução automática) de cortes de abastecimento de água quente na região de Moscovo utiliza o OSM como mapa-base.
  • O portal (ru) (tradução automática) de transportes públicos de Perm (Rússia) utiliza o OSM como mapa-base.

Software

  • Agora existe (en) uma extensão para o Locus (en) (tradução automática), o navegador móvel, que permite adicionar e editar POI no OSM, através desta app.
  • Stéphane Péneau anunciou (fr) o lançamento da versão 2.0 do RTKBase (en), “um interface frontal web fácil de usar e fácil de instalar com alguns scripts e serviços bash para uma simples estação base GNSS sem cabeça”. Para os adeptos do RTKLIB (en) e da geolocalização centimétrica.
  • MapTiler anunciou um novo plugin QGIS que lhe permite carregar estilos de mapas e mapas personalizados e usar geodados externos hospedados no QGIS. O plugin foi publicado sob uma licença aberta no GitHub (en).

Você sabia que…

  • … que pode visualizar (ru) (tradução automática) faixas GPX no terreno, utilizando o Blender 3D e o plugin blender-osm? O plugin pode ser descarregado gratuitamente aqui. Uma pequena dica: é necessário importar primeiro o terreno, depois as imagens de satélite, e só depois as pistas GPX.
  • … o lightningmaps.org? Este “mapa de trovoadas” mostra a situação atual dos relâmpagos em todo o mundo num mapa-base do OpenStreetMap.

OSM na mídia

  • Vários aviões militares dos EUA e da China voaram através do Estreito de Taiwan, o que torna a área uma zona quente. Muitos observadores militares e dos média (en) (tradução automática), mostram as capturas de ecrã da trajetória de voo desses aviões que voaram através do Estreito de Taiwan. O mapa-base mostra que a trajetória de voo usa habitualmente o OpenStreetMap.

Outros assuntos “geo”

  • A assistente de voz Alice (a assistente da Yandex correspondente à Siri) aprendeu a desenhar (ru) (tradução automática), baseando-se nos pedidos dos utilizadores. O utilizador do OSM, Hind (o responsável pelo desenvolvimento do MapCraft) pediu à Alice para desenhar o OpenStreetMap. O resultado foi bastante engraçado. Muitos utilizadores notam que há semelhanças.
  • Devido à pandemia, a secção Vida e Estilo do The Observer, um jornal britânico de domingo, tem algum espaço para o OpenStreetMap (en) (tradução automática). O artigo não só menciona o OpenStreetMap, mas também descreve como o OpenStreetMap é mais fiável para o mapeamento de novos caminhos de terra batida. Pessoas cercadas pelo medo da pandemia mantêm a sua distância social entre os transeuntes, e também percorrem novos caminhos não desenhados pelas autoridades.
  • Sberbank (en) (um grande banco pró-governamental na Rússia) (ru) comprou recentemente (ru) (tradução automática) um serviço independente 2GIS, de mapas russo. Alguns observadores lamentam este facto. O 2GIS utiliza parcialmente os dados do OSM e especifica a atribuição.

Próximos eventos

undefined undefined undefined undefined
Leoben Stammtisch Obersteiermark (cancelled) 2020-06-18 austria
Sheffield Sheffield pub meetup 2020-06-23 united kingdom
Guarda EuYoutH OSM Meeting (cancelled) 2020-06-24-2020-06-28 spain
Düsseldorf Düsseldorfer OSM-Stammtisch 2020-06-26 germany
Roazhon Atelier découverte 2020-06-28 france
Prague Pražský mapathon 2020-06-30 czech republic
Montrouge Réunion des contributeurs locaux 2020-07-01 france
Stuttgart Stuttgarter Stammtisch (online) 2020-07-01 germany
Ar Chab HOT Summit 2020-07-01-2020-07-02 south africa
Taipei OSM x Wikidata #18 2020-07-06 taiwan
Londrez Missing Maps London 2020-07-07 uk
Kandy 2020 State of the Map Asia 2020-10-31-2020-11-01 sri lanka

Nota: Quer ver seu evento publicado aqui? Então adicione-o no calendário. Apenas os dados que forem inseridos lá aparecerão no weeklyOSM. Por favor, verifique as informações de seu evento através da pré-visualização pública, e corrija-a, e corrija-a se necessário.

Este semanalOSM foi produzido por Nakaner, Rogehm, Silka123, SunCobalt, TheSwavu, derFred, lucaslasota.