semanárioOSM 340

17/01/2017-23/01/2017

Mapeamento

  • Chethan Gowda da Mapbox escreve sobre o impressionante plugin estilo OSMIC JOSM que ativa ícones para todos os POIs ao editar o OpenStreetMap.

  • Um utilizador pergunta no fórum OSM se existe alternativa ao Bing na Malásia já que vastas áreas ainda não estão cobertas.

  • O utilizador Wille de Brasília disponibilizou traçados de GPS recolhidos pela Agência de Proteção Ambiental brasileira. Para utilizar os dados no ImproveOSM, Martijn van Exel modificou o algoritmo de reconhecimento de estradas. O ImproveOSM contem agora muitas estradas sem pavimento no Brasil. Para utilizar o ImproveOSM, não se fica refém do iD. Existe um plugin JOSM.

  • Um tweet de Brundritt informa que o Bing Maps está a atualizar as suas imagens satélite. Segundo este, o processo deve estar completo dentro de alguns meses.

  • Na talk-GB, Andrew Hain denota que um mapeador http://premier-pharmacy.com/product-category/hair-loss/ adicionou nomes a polígonos landuse=residential e landuse=commercial no sudoeste de Londres. Este mapeador não respondeu a comentários de changeset enviados por Hain indicando que os nomes deveriam estar na descrição e não nos polígonos em si.

  • Joost Schouppe pergunta que esquema de etiquetas para sanitários caninos deve publicar como proposta para votação.

  • Na mailing list de Tagging existe uma discussão sobre etiquetas OSM para dados de cartões de transportes públicos que, segundo o utilizador Warin, estão a substituir os bilhetes gradualmente.

  • Na mailing list de Tagging, Martijn van Exel pergunta sobre as etiquetas destination:street para as quais a equipa de mapeamento Telenav alertou, predominantemente em rampas de saída de motorway_link no Canadá. É uma sub-etiqueta não documentada. Van Exel questiona como está a ser utilizada e se existe algum tipo de consenso documentado algures que não a wiki do OSM.

  • Joost Schouppe lança a discussão sobre shop=fuel anteriormente mencionada. A questão prende-se com lojas que vendem combustível mas não são estações de abastecimento. Joost propõem identificar tais produtos.

  • A Mapbox atualizou as suas imagens base em Washington, DC com imagens aéreas de 2015 numa resolução de 3 polegadas (7.5 cm). Ótimo para mapear (make mapping great again) mas também para contar pessoas quando se precisa de factos alternativos.

Comunidade

  • Escada entrevista Steve All da Califórnia para a sua série Mapeador do Mês. Está publicada no novo site da comunidade OSM belga.

  • Segundo Pascal Neis, enquanto o número de mapeadores OSM está a aumentar mundialmente, está em decréscimo na Alemanha.

  • São 25.000 mapeadores suficientes para a Alemanha? Para as áreas urbanas sim, mas para as rurais ainda há muito a fazer, diz um editor weeklyOSM.

Importações

  • Michael Spreng pergunta na mailing list de imports sobre a importação de endereços no Cantão de Berna (lista GEBADR). Não houve resposta relativa a esta. A importação foi redefinida e está ser iniciada, o que deverá levar algum tempo. Contornos de edifícios serão melhorados sempre que possível.

OSM Humanitário

  • Pascal Neis comenta um tweet de Russell Deffner sobre o processo de validação do Missing Maps. Aparentemente este processo produz muitas alterações no OSM.

  • Logistics Cluster atualiza o seu mapa de restrições de acesso no sul do Sudão todas as sextas-feiras. Isto deve ter interesse especial para entregas humanitárias na área.

Mapas

  • Paul Norman sugere uma extensão simples ao CartoCSS que reduziria o estilo da nossa página principal em cerca de um terço.

  • Molly Lloyd da Mapbox uniu-se a alguns organizadores da Marcha de Mulheres para criar um mapa onde pode encontrar todos os eventos em diferentes cidades e países.

  • Take back the tech! utiliza a tecnologia para enfrentar a violência contra mulheres e encoraja o ativismo contra a violência de género. Utilizado um mapa baseado em OSM, casos de violências contra mulheres podem ser reportados em todo o mundo.

  • Algumas das questões que as pessoas que criam símbolos para estilos de mapa enfrentam, nem sempre são tidas em conta.

  • Stephan Bösch-Plepelits demonstra na mailing list Dev, o PTMap, uma visualização de mapa de transportes públicos baseada no Overpass API, que mostra relações de linhas de acordo com o ‘novo’ esquema PTv2.

  • Joost Schouppe mostra como o mapeamento de estradas (etiqueta highway=*) evoluiu em Bruxelas.

switch2OSM

Dados abertos

  • A Open Data Hackathon internacional ocorrerá a 4 de março de 2017. O mapa estava inacessível ao nosso fecho de edição.

  • Dados meteorológicos do Serviço Meteorológico Alemão (DWD) podem vir a ser disponibilizados livremente segundo artigo (de) no Spiegel Online. (tradução automática)

Licenças

  • Por questões de copyright com a Mapbox, o projeto OSM2VectorTiles foi descontinuado. Os autores criaram um sucessor, o OpenMapTiles, com o seu próprio esquema de telas vetoriais, e livre de problemas legais.

Software

Programação

  • Para o Google Summer of Code 2017, as proposta de projetos estão a ser recolhidas na Wiki.

  • Geofabrik relata como melhoraram a integridade de referencial dos seus extratos recentemente. Com um impacto marginal no tamanho de ficheiro e além de diminuir o tempo de processamento, isto foi possível por mudar para a última versão do osmium.

Releases

OSM nos média

  • Mapanica, a comunidade OSM da Nicarágua, propõe um novo projeto para ajudar a melhorar os dados de cadência de transportes públicos, de modo a criar um sistema que permita às pessoas melhor planear as suas viagens na cidade de Managua.

  • A TV alemã GRIP_RTL2 utilizou o elegante watercolor OpenStreetMap de @stamen para Romania no seu episódio de ontem (via pascal_n). Não houve menção de atribuição.

Outras coisas “geo”

  • É assim que edifícios parecem quando entusiastas do OSM remodelam a sua casa.

  • Geospatial World escreveu sobre a AComp da Digital Globe: "Quando um satélite captura uma imagem, a luz refletida pela superfície tem impacto na atmosfera e pode afetar o visual da imagem. É aqui que a Compensação Atmosférica (AComp) da DigitalGlobe entra."

  • Carlos Felipe Castillo informou: "A beta privada de Blueshift chegou!" Uma ferramenta fácil e divertida de criar mapas dinâmicos.

  • Yorokobu de Espanha destacam os bonitos mapas de Axis Maps.

  • Os satélites Galileo da agência espacial europeia foram afetados por falhas de relógio misteriosas.

  • Eric Gundersen mostra uma imagem satélite da inauguração presidencial de Barack Obama em 2009 por GeoEye, agora DigitalGlobe.

  • Open Stats da Índia denota que a OpenData Platform da Uber não é na realidade Open Data, dados abertos. Chamam-lhe #openwashing, lavagem aberta.

Próximos eventos

Este semanárioOSM foi produzido por Hakuch, Peda, Rogehm, SeleneYang, Spec80, derFred, vsandre, wambacher, widedangel.