semanárioOSM 342

31/01/2017-06/02/2017

Mapeamento

  • Transifex é uma ferramenta que ajuda a traduz conteúdos e chegar a milhares de pessoas. Se quiser contribuir traduzindo o learnOSM para a sua língua, utilize o Transifex.

  • Jinal Foflia escreve sobre começar com o OpenStreetMap, a importância de dados abertos e porque se deve contribuir no OpenStreetMap.

  • Voonosm pergunta como mapear lagos que apenas se formam periodicamente.

  • Volker Schmidt pergunta na mailing list de tagging a melhor maneira de etiquetar locais de engorda de gado.

  • Pavel Zbytovský gostaria de estender o Simple Indoor Tagging (Etiquetação Simples de Interiores), ao que chama de CoreIndoor. Infelizmente muitas das suas extensões são baseadas em pressupostos errados e interpretações erradas, cuja documentação deveria melhorar.

  • Joachim pede na mailing list de tagging comentários para amenity=snow_removal_station onde camiões podem despejar gelo ou neve.

  • Ao contrário de locais mais evoluidos, Inglaterra e País de Gales têm um sistema de acesso regulamentado pelo meio de áreas tidas como privadas. Na mailing list talk-gb Dave F menciona que os registos do governo local podem não coincidir com um caminho real. A discussão continua sobre qual deve ser tido como "correto".

  • Na mailing list suíça, Hans Herzig pergunta como etiquetar desfiladeiros.

Comunidade

  • Wa Mbedmi apresenta o OpenStreetMap Senegal e demonstra a importância do OpenStreetMap e o seu impacto nas vidas dos cidadãos.

  • Hernán De Angelis publicou um louvor ao OpenStreetMap no seu blog, quanto à sua experiência através do seu Garmin.

  • A comunidade OSM da Nicarágua convida a participar num workshop sobre ciclismo urbano em Managua.

  • O utilizador RichRico escreve sobre o plugin to-fix e como pode ser usado com a camada de dados Tiger para alinhar vias desalinhadas nos EUA.

  • Sajjad Anwar da Mapbox escreve sobre o uso de OSMcha e OSM-compare para validar e analisar alterações que ocorrem no OpenStreetMap. Incita a comunidade a envidar esforços para manter o OpenStreetMap o melhor dos mapas.

  • Com os progressos na Bélgica, Joost Schouppe pergunta se existem mais exemplos de outros governo incorporando o OSM na sua gestão de dados.

Importações

  • Mapeadores de West Midlands irão importar dados NAPTAN atualizados (campos adicionais e precisão de coordenadas melhorada). A discussão na mailing list de Imports ainda não foi iniciada.

Eventos

  • Está aberto o concurso de logótipos para o SOTM Latam 2017 que ocorrerá em Lima, Peru.

  • A data exata do State of the Map US 2017 ainda não foi anunciada, apenas que ocorrerá em Boulder, Colorado em outubro. A data do State of the Map internacional acontecerá em Aizuwakamatsu, Japão entre 18 e 20 de agosto.

  • Stefan Keller convida à 8ª festa de Micro Mapping em Rapperswil, Suíça a 10 de março.

OSM Humanitário

  • A HOT lança o seu novo programa de micro subsídios para permitir o desenvolvimento de comunidades OSM locais, para ter acesso a equipamento e melhorar habilidade, capacidade e experiência.

  • A HOT anunciou que o OpenAerialMap oficialmente deixou de ser beta.

  • The Guardian noticia sobre o número de raparigas na Tanzânia que conseguiram escapar à mutilação genital, graças a esforços de mapeamento colaborativo de locais onde se refugiar e como lá chegar.

Mapas

  • Wheelmap, o mapa de locais acessíveis a cadeiras de rodas baseado no OSM, acrescentou suporte a 27 novos tipos de pontos de interesse.

  • GeekWire noticia o projeto de investigação Access Map da Universidade de Washington, que, entre outras coisas, fornece trajetos para peões e pessoas em cadeiras de rodas utilizando várias fontes de dados. O projeto (a sua importação, processo e esquema de etiquetação) não obteve o apoio de todos na comunidade OSM.

Dados abertos

  • [1] A Citizen Science de Estugarda medem a concentração de partículas inaláveis na sua cidade. O projeto está também disponível noutras zonas, como se pode ver neste mapa.

Software

Programação

  • Jochen Topf escreve sobre o novo comando de extração da osmium-tool que cria extratos de dados OSM mais rápido que qualquer uma, além de permitir obter vários extratos ao mesmo tempo.

  • Chris Loer relata como a Mapbox melhorou a renderização de etiquetas utilizando melhores algoritmos de quebra de linha. Isto pode ser especialmente complicado no que toca a escrita da direita para a esquerda.

  • O limite máximo de changesets foi limitado a 10.000 (antes era 50.000). Isto apenas deve afetar programadores de editores,

  • Mariusz Rogowski reclama na mailing list dev sobre a qualidade do Nominatim e a capacidade do projeto atrair novos programadores. Sarah e Frederik respondem detalhadamente e, entre outras coisas, clarificam porque código erróneo não é incluído do projeto.

Releases

Sabia que…\Conhece…

Outras coisas “geo”

  • ITECHPOST noticia o fim em fevereiro da iniciativa filipina de gestão de catástrofes "NOAH". O OpenStreetMap estava bastante envolvido nesta, como mostra este post.

  • The Guardian destaca um pequeno desafio de Alex Szabo-Haslam, no qual se pode identificar cidades pelas suas vias fluviais.

Próximos eventos

Este semanárioOSM foi produzido por Hakuch, Nakaner, Peda, Rogehm, SeleneYang, Spec80, derFred.

2 thoughts on “semanárioOSM 342

Comments are closed.