semanárioOSM 474

13/08/2019-19/08/2019

Logo

Shades of Green – Camadas do OpenStreetMap em imagens de Satélite 1 | © CC-BY-SA 2019 Public Lab contributor MaggPi – data © OpenstreetMap contributors

Mapeamento

  • Kevin Kenny tem trabalhado numa proposta para protection_class=*, que pretende substituir protect_class=*, ajudando a aumentar a legibilidade e utilidade dos valores utilizados para o efeito.
  • O MaggPi mostra como processar imagens de satélite em ambiente de notebook Jupyter. Usando dados do satélite OpenStreetMap e do Planet, as áreas do parque em Nottingham (Inglaterra) são identificadas e comparadas.
  • Está à procura de algo para mapear? Aqui estão alguns desafios interessantes postados pela Maproulette:
  • No seu 15.º post de blogue, intitulado “Melhorando o OSM – por que não?” Marc Zoutendijk escreve sobre o uso de landuse=village_green, que não é usado como ele acha que deveria e parece ter um significado diferente, dependendo da região que o usa.
  • Nvk atualizou-nos sobre o seu projeto para adicionar suporte básico para um recurso de ponto de vista para fronteiras disputadas no OpenStreetMap. Frodrigo também relatou as suas experiências em exibir limites do OpenStreetMap disputados e reivindicados.
  • Uma estrada com dois nomes, dependendo do lado, causou (de) (tradução automática) alguma discussão no fórum sobre as possibilidades dadas para marcá-lo no OSM. Aparentemente, não é tão incomum. Uma questão no GitHub foi criada há 4 anos para suportar as 3882 estradas atualmente etiquetadas com name:left/right.
  • Os painéis solares em telhados estão a ser mapeados com o Projecto Quarterly do Reino Unido. Isso ajudará a melhorar a previsão da rede elétrica e a reduzir a necessidade dos geradores não renováveis permanecerem em modo de espera. Um vídeo mostra como mapeá-los, e 25.000 já foram adicionados!
  • A empresa de mapeamento lvl5 entrou em novas aventuras, mas todas as imagens, de nível de rua, que pagaram para recolher estão a ser carregadas para o Mapillary e em breve estarão disponíveis para edição OSM.

Comunidade

  • Vincent Privat, um dos principais programadores da JOSM, está descontente com uma das nomeações para o Prémio Core Systems deste ano.
  • 10 anos depois do início do Mapa Kibera por Erica Hagen e Mikel Maron, Mikel escreveu um post num blogue com as suas reflexões sobre o famoso evento.
  • Frederik Ramm sugeriu priorizar os canais de comunicação do OSM em relação a outros, externamente controlados, na interface de utilizador do iD. A mesma questão também foi levantada por Joost no projeto de índice comunitário OSM.

Fundação OpenStreetMap

  • O Grupo de Trabalho de Licenciamento publicou as atas das reuniões dos dias 11 de julho de 2019 e 8 de agosto de 2019. Entre outros pontos da ordem de trabalhos, estiveram a Diretriz de Atribuições e o Brexit.
  • O capítulo local do OSMF no Reino Unido, OpenStreetMap UK CIC Ltd, submeteu os relatórios anual e financeiro do ano fiscal que termina a 31 de março de 2019 ao OSMF.
  • As atas do FOSSGIS eV de 7 de maio (tradução automática) e de 13 de agosto (tradução automática) foram publicadas.

Eventos

  • O Insight Center na Universidade College Galway está a organizar um evento OpenStreetMap, no sábado, dia 31 de agosto. A reunião será organizada em colaboração com o capítulo local irlandês do OSM.
  • O Grupo de Pesquisa em GIScience da Universidade de Heidelberg convida para uma oficina gratuita sobre roteamento de código aberto com restrições de tempo na sexta-feira anterior ao State of the Map, no dia 20 de setembro de 2019.
  • Vai ao State of the Map 2019? Se vai, então Christoph Hormann examinou o programa e sugeriu uma lista de palestras recomendadas a não perder. Como bónus, Christoph também analisou os antecedentes dos apresentadores e, com base nas instituições que concederam bolsas de estudo OSMF, prevê que o SotM 2020 seja realizado nas Filipinas.

OSM Humanitário

  • Overpass Turbo é brilhante na consulta e visualização de dados OpenStreetMap, no entanto, pode ser um pouco perplexo para os utilizadores com poucos conhecimentos do OpenStreetMap; é por isso que o HOT construiu a ferramenta de exportação. A ferramenta de exportação permite aos utilizadores definir uma área de interesse e selecionar recursos do mapa e rapidamente exportar num formato de arquivo compatível com GIS para começar a analisar. Um utilizador não precisa saber como as etiquetas são configuradas no OpenStreetMap para recursos do mapa e pode simplesmente selecionar a partir de uma lista de opções para começar a exportar os dados.
  • Melanie Chabot, uma coordenadora GIS da Cruz Vermelha canadiana, escreveu um artigo sobre a forma como levaram os Missing Maps para o Canadá, para melhorar a resiliência e prontidão de resposta da comunidade na eventualidade da ocorrência de desastres, nomeadamente em comunidades indígenas.

Mapas

  • Sim, os ladrilhos de mapa escorregadios no servidor Fraunhofer, com nomes de locais em inglês, são ótimos. Não, não pode usá-los nos seus projetos, sem pedir autorização.
  • O Babykarte, um mapa relativo a coisas para bebés e crianças pequenas pode, agora, falar francês. A nova atualização inclui um filtro para equipamentos de parques/recintos de recreio e outros novos recursos.

Dados abertos

  • Rob Kitchin está satisfeito com as suas tentativas de imprimir um mapa 3D de Dublin.

Programação

  • Nikolay Petrov reparou que o site russo “Domofond” (arrendamento e venda de imóveis) usa dados do OSM. Surpreendentemente, utiliza o Yandex como mapa base e sobrepõe-lhe dados do OSM.
  • O mapeador russo Zkir atualizou (tradução automática) o seu validador de modelos 3D para igrejas e para alguns edifícios históricos. Agora, os modelos 3D aparecem na página da web, no validador. Parece-se assim ou assim.

Releases

  • Trufi, uma app móvel para transportes públicos em Cochabamba, na Bolívia, lançou uma versão iOS.

Sabia que…\Conhece…

  • … pode ver navios a partir em tempo real em Vessel Finder? Este site usa dados do sistema de identificação automática e apresenta-os num mapa OpenStreetMap.
  • … há uma diferença entre as etiquetas change (para marcar se o fluxo de trânsito pode mudar de pista) e overtaking (para marcar se se pode ultrapassar)? Dependendo da legislação estas duas etiquetas não são idênticas – ultrapassar pode ser permitido mesmo com uma linha contínua a dividir os sentidos do trânsito, desde que não seja necessário pisar a linha. Obviamente, isso só funciona em corredores largos e veículos estreitos.
  • … sobre um site simpático e simples Nebo.live que revela a qualidade do ar em Krasnoyarsk (Rússia).
  • … sobre o mapa de zonas de exclusão aérea para voos de quadrocopters?
  • … como conectar mapas online ao navegador do seu smartphone?Parte 1 (tradução automática),Parte 2 (tradução automática),

    Parte 3 (tradução automática).

OSM nos média

  • Não é muitas vezes que uma edição OpenStreetMap pode fazer de si uma notícia, mas foi o que aconteceu recentemente em Waldshut. A Albtalstraße está fechada desde 2015, devido a quedas de pedra e o seu desaparecimento do OpenStreetMap foi visto (tradução automática) como uma prova de que não seria reaberto ao trânsito.

Outras coisas “geo”

  • O site theverge.com fez eco de relatos de jornais chineses, segundo os quais a Huawei está a trabalhar numa alternativa ao Google Maps. O “Map Kit” deverá ser lançado em outubro.
  • A Radio Garden é uma interface geográfica que permite encontrar e ouvir estações de rádio de todo o mundo, ao vivo. Radio Garden foi originalmente encomendada em 2016 pelo Netherlands Institute for Sound and Vision no contexto de uma exposição para o projeto de pesquisa internacional “Encontros de Rádio Transnacionais”. Agora, está a ser desenvolvido numa empresa por um dos criadores originais.
  • A Transport for London lançou o “maior banco de dados do mundo de infraestruturas cicloviárias” este mês, mas as startups já estão a usar os dados abertos para melhorar os seus serviços de planeamento de viagens. Beeline está a desenvolver uma ferramenta de roteamento construída com o OpenStreetMap para Londres.
  • Yanko Design cria e vende mapas luminosos, que mostram como a sua cidade favorita é à noite. Os mapas luminosos (luminous maps) têm por base os dados OSM.

Próximos eventos

Onde O quê? Data País
Kameoka 京都!街歩き!マッピングパーティ:第11回 出雲大神宮 2019-08-24 japan
Bremen Bremer Mappertreffen 2019-08-26 germany
Suva Missing Maps Fiji 2019-08-27-2019-08-30 fiji
Salt Lake City SLC Map Night 2019-08-27 united states
Viersen OSM Stammtisch Viersen 2019-08-27 germany
Düsseldorf Stammtisch 2019-08-28 germany
Dortmund Mappertreffen 2019-08-30 germany
Galway Galway mapping party 2019-08-31 ireland
La Balme-de-Sillingy Incontro comunità piemontese 2019-08-31 italy
Maebashi オープンストリートマップセミナーとマッピングパーティ 2019-09-01 japan
Londres Missing Maps Mapathon London 2019-09-03 united kingdom
Estugarda Stuttgarter Stammtisch 2019-09-04 germany
Bochum Mappertreffen 2019-09-05 germany
Dresden Stammtisch Dresden 2019-09-05 germany
Montrouge Rencontre des contributeurs de Montrouge et alentours 2019-09-05 france
Minneapolis State of the Map U.S. 2019 [1] 2019-09-06-2019-09-08 united states
Salt Lake City SLC GeoBeers 2019-09-10 united states
Hamburgo Hamburger Mappertreffen 2019-09-10 germany
Leoben Stammtisch Obersteiermark 2019-09-12 austria
Munique Münchner Stammtisch 2019-09-12 germany
Berlim 135. Berlin-Brandenburg Stammtisch 2019-09-12 germany
San José Civic Hack Night & Map Night 2019-09-12 united states
Edimburgo FOSS4GUK 2019 2019-09-18-2019-09-21 united kingdom
Heidelberg Erasmus+ EuYoutH OSM Meeting 2019-09-18-2019-09-23 germany
Heidelberg HOT Summit 2019 2019-09-19-2019-09-20 germany
Heidelberg State of the Map 2019 [2] 2019-09-21-2019-09-23 germany
Daca State of the Map Asia 2019 2019-11-01-2019-11-02 bangladesh
Wellington FOSS4G SotM Oceania 2019 2019-11-12-2019-11-15 new zealand
Grand-Bassam State of the Map Africa 2019 2019-11-22-2019-11-24 ivory coast

Nota: Se pretender ver o seu evento aqui, por favor coloque-o no calendário. Só dados lá colocados aparecerão no weeklyOSM. Por favor, verifique o seu evento na nossa pré-visualização pública, e corrija-a se necessário.

Este semanárioOSM foi produzido por Elizabete, Nakaner, NunoMASAzevedo, Rogehm, Silka123, SunCobalt, TheSwavu, derFred, ᚛ᚏᚒᚐᚔᚏᚔᚋ᚜ 🏳️‍🌈.

One thought on “semanárioOSM 474

  1. Bibi diz:

    “Melanie Chabot, coordinatrice SIG de la croix rouge canadienne, a écrit un article sur la manière dont ils ont amené Missing Maps au Canada pour améliorer la résistance et la préparation aux catastrophes dans les communautés indigènes.”
    Il s’agit sans doute de résilience et non de résistance mais dans tous les cas, merci pour les traductions

Comments are closed.