semanárioOSM 483

15/10/2019-21/10/2019

Mapeamento

  • Na regio-osm.de há agora uma avaliação de números de porta para o Kosovo.
  • Florian Lohoff escreveu (en) (tradução automática) no seu blogue sobre as questões que surgem quando o access=private é usado nas estradas de serviço. Normalmente, essa escolha significa que nenhum roteador usará essas rodovias: opções de acesso diferentes são preferíveis.
  • Adam Franco criou dois vídeos sobre o trabalho com multipolígonos com o JOSM. O primeiro é sobre a criação de multipolígonos para áreas adjacentes com caminhos partilhados. Por favor, note que este tipo de mapeamento está a ser desencorajado em muitas partes do mundo. No segundo vídeo, ele explica como identificar e corrigir erros de multipolígonos.
  • A proposta de Valor Naram de desvalorizar a etiqueta contact:phone= em prol de phone= está em votação até 5 de novembro de 2019.
  • A proposta do Vɑdɪm para etiquetar locais ao ar livre, que se adequam a banhos de sol também entrou no período de votação. O período termina a 5 de novembro de 2019.
  • A equipa do OpenStreetMap da Croácia iniciou a sua própria instância do Tasking Manager para coordenar melhor o mapeamento de mapas e imagens de fontes estaduais recentemente disponibilizadas. O primeiro projeto trata de nomear todas as baías na costa. (tradução automática)

Comunidade

  • [1] Pascal Neis adicionou alguns “leaderboards” aos seus OSMstats. Exatamente 19 utilizadores contribuíram e mapearam todos os dias para o OSM no ano passado, conforme relatado em “Atividade”. Também vale a pena dar uma vista de olhos nas outras avaliações: alterações de mapas, discussões e traços e notas.
  • Heather Leson aponta-nos (en) (tradução automática) uma pesquisa sobre as pessoas nas comunidades FLO (FreeLibreOpen).
  • A RebeccaF dá-nos (en) (tradução automática), numa entrada do diário OSM, uma longa lista de potenciais pontos de ação para aumentar a diversidade com OSM, HOT e State of the Map. Estes pontos saíram da sessão realizada no SotM, em Heidelberg.
  • O OSM desempenha um papel fundamental num modelo dinâmico de riscos sísmicos (en) (tradução automática) que processa atualizações em edifícios a cada 60 segundos.

Importações

  • O utilizador OSM SviMik está a importar dados dos cadastros locais da Estónia para o OSM. Para este propósito, ele desenvolveu uma simples ferramenta, mas ele pede ajuda à comunidade. Também criou um validador que nos informa dos locais onde é necessário adicionar estradas na Estónia.

Eventos

  • Betaslb escreveu no seu diário de utilizadora sobre a sua experiência no SotM 2019, incluindo alguns pensamentos pessoais vindos de alguém que não é especialista no OSM, mas apenas uma principiante.
  • As inscrições para o SotMAsia 2019 estão abertas. O SotM Asia terá lugar em 2019, em Dhaka, no Bangladesh, nos dias 1 e 2 de novembro.

OSM Humanitário

  • Riley Champine, editor gráfico da National Geographic tweetou um link para ver a sua apresentação na NAICS 2019, sobre Mapeamento de Refugiados com Dados Abertos. Um bónus é o link para uma Folha de Cálculo do Google de uma série de consultas ao Overpass que ele usou.

Educação

  • O utilizador russo Pavel Gavrilov escreveu (ru) (automatic translation) um tutorial sobre OSM que pode ser útil para iniciantes. Ele explica a base do projeto.

Mapas

  • O utilizador russo Nikolay Petrov lançou um projeto online OpenRecycleMap. Este é um mapa que ajuda a encontrar recipientes para fazer a separação de lixo. O serviço também permite adicionar novos pontos de recolha de lixo. Os dados são tirados do OSM e depois adicionados.
  • O maptiler.com publicou (en) (tradução automática) um post no blogue sobre a nova oferta do OSM nas projeções de mapas WSG84, as projeções Lambert e Rijksdriehoekstelsel. O artigo também fornece uma breve visão geral das projeções cartográficas e links para a interessante comparação (en) (tradução automática) de Tobias Jung das projeções cartográficas selecionadas.
  • O Ministério do Comércio e Industria da Federação Russa desenvolveu (ru) um “sistema de Geoinformação de parques industriais, tecnológicos e clusters da Federação Russa”, que utiliza o OSM como mapa-base.

switch2OSM

  • O portal russo E1 informa (ru) (tradução automática) que os novos semáforos inteligentes começarão a funcionar em Yekaterinburg, em novembro de 2019. Eles darão prioridade aos transportes públicos. Numa das fotografias pode-se ver que o sistema de controlo de tráfego usa o OSM como mapa.

Dados abertos

Licenças

  • A discussão sobre o Facebook e a falta da atribuição de créditos continua (en) (tradução automática). Por um lado, Christoph enfatiza que a discussão e o desenvolvimento de uma nova diretriz da comunidade não acontece abertamente, por outro lado, Nuno Caldeira detalha a violação da licença e fornece alguns exemplos pormenorizados.

Software

  • Jody Garnett pergunta, via Twitter, se os membros do fossgis_eV estariam dispostos a apoiar o GeoServer com medidas de recertificação OGC.

Programação

  • Shay Strong, do EagleView, escreveu (en) (tradução automática), no site KD Nuggets, sobre uma abordagem para usar a aprendizagem artificial para identificar construções não mapeadas no OpenStreetMap. O seu modelo inicia-se a partir de construções conhecidas no OSM.
  • Jochen Topf noticia (en) (tradução automática), no seu blogue, as suas experiências com a nuvem Hetzner, para a qual moveu data.openstreetmap.de (anteriormente, openstreetmapdata.com).
  • Andy Allan escreveu (en) (tradução automática) no seu blogue sobre o progresso de reconstrução do código central do OpenStreetMap para permitir que múltiplas versões da API sejam suportadas ao mesmo tempo.

Releases

  • O Release 3.0.0 do PostGIS foi liberado.
  • A versão 2.3.0 da aplicação móvel “Sight Safari” foi lançada (ru). Agora, é possível partilhar rotas com outros utilizadores da app e também criar pontos intermédios nas rotas.

Sabia que…\Conhece…

  • … o website do utilizador russo AMDmi3 onde pode encontrar várias renderizações?

Outras coisas “geo”

  • O The Guardian tem um artigo divertido (en) (tradução automática), no qual um jornalista confronta adolescentes com tecnologias ultrapassadas dos anos 80, incluindo telefones com disco rotativo, um Walkman Sony e um rádio transístor. Um dos exemplos é um atlas impresso de Londres (o “A-Z”).
  • O The Guardian tem um artigo (en) (tradução automática) que revela o declínio de mapas em papel na Austrália, como noticiamos na semana passada.
  • Jens Jackowski afirma (sv) (automatic translation): “Interessante, agora o serviço sueco de topografia agrária já está a pedir aos cidadãos que melhorem os mapas oficiais suecos e, por exemplo, que comuniquem a falta de percursos pedestres”. Nós dizemos: “Então é melhor trabalharmos com o OpenStreetMap agora mesmo!”
  • James Macfarlane considera (en) que a expansão de apps de navegação como Waze, Apple Maps e Google Maps está a instalar o caos e a tornar mais complexa a gestão do trânsito.
  • Um artigo no futurezone.at mostra (de) que os erros de mapa nem sempre têm de ser vistos negativamente. Devido a um erro no material dos mapas do Goolge Maps, um gangue de traficantes pode ser apanhado.
  • O El Pais observa (es) que os mapas militares de Espanha, compilados durante a Segunda Guerra Mundial pelos americanos e britânicos, foram finalmente desclassificados (abertos ao público).
  • O Google anuncia (en) (tradução automática) que, no futuro, será possível comunicar incidentes de trânsito, tais como acidentes e avarias, no Google Maps. O facto de o Google ter comprado (en) (tradução automática) uma plataforma comunitária como esta há seis anos, deixa espaço para especulações (en) sobre o futuro da Waze.
  • Um artigo (en) (tradução automática) na Ecography demonstra como a análise textual de artigos científicos pode ser usada para criar mapas de onde várias polinizações de insetos foram realizadas.

Próximos eventos

Onde O quê? Data País
Prizren State of the Map Southeast Europe 2019-10-25-2019-10-27 kosovo
Rapperswil 11. Micro Mapping Party Rapperswil (OpenStreetMap Mapathon) 2019-10-25 switzerland
Yosano-chō 京都!街歩き!マッピングパーティ:第13回 ちりめん街道 2019-10-27 japan
Bremen Bremer Mappertreffen 2019-10-28 germany
Zurique Missing Maps Mapathon Zürich 2019-10-30 switzerland
Düsseldorf Stammtisch 2019-10-30 germany
Ulmer Alb Stammtisch Ulmer Alb 2019-10-31 germany
Daca State of the Map Asia 2019 2019-11-01-2019-11-02 bangladesh
Brno State of the Map CZ+SK 2019 2019-11-02-2019-11-03 czech republic
Londres London Missing Maps Mapathon 2019-11-05 united kingdom
Estugarda Stuttgarter Stammtisch 2019-11-06 germany
Bochum Mappertreffen 2019-11-07 germany
San José Civic Hack & Map Night 2019-11-07 united states
Montrouge Rencontre mensuelle des contributeurs de Montrouge et alentours 2019-11-07 france
Dortmund Mappertreffen 2019-11-08 germany
Budapeste OSM Hungary Meetup reboot 2019-11-11 hungary
Taipé OSM x Wikidata #10 2019-11-11 taiwan
Lyon Rencontre mensuelle pour tous 2019-11-12 france
Salt Lake City SLC Mappy Hour 2019-11-12 united states
Nitra Missing Maps Mapathon Nitra #4 2019-11-12 slovakia
Wellington FOSS4G SotM Oceania 2019 2019-11-12-2019-11-15 new zealand
Hamburgo Hamburger Mappertreffen 2019-11-12 germany
Munique Münchner Stammtisch 2019-11-13 germany
Prešov Missing Maps Mapathon Prešov #4 2019-11-13 slovakia
Berlim 137. Berlin-Brandenburg Stammtisch 2019-11-14 germany
Nantes Réunion mensuelle 2019-11-14 france
Encarnação State of the Map Latam 2019 2019-11-14 paraguay
Grand-Bassam State of the Map Africa 2019 2019-11-22-2019-11-24 ivory coast
Cidade do Cabo State of the Map 2020 2020-07-03-2020-07-05 south africa

Nota: Se pretender ver o seu evento aqui, por favor coloque-o no calendário. Só dados lá colocados aparecerão no weeklyOSM. Por favor, verifique o seu evento na nossa pré-visualização pública, e corrija-a se necessário.

Este semanárioOSM foi produzido por Elizabete, Nakaner, NunoMASAzevedo, Rogehm, SK53, Silka123, TheSwavu, derFred, geologist.

11 thoughts on “semanárioOSM 483

  1. Charlotte Wolter diz:

    You don’t tell us where and how to vote on the changes to tagging. That’s pretty basic. I would bet that most readers have no idea how to vote. So much for inclusions!

  2. Charlotte Wolter diz:

    This news short needs more explanation “[1] Pascal Neis added some “leaderboards” to his OSM stats. Exactly 19 users contributed and mapped every single day to OSM last year, as reported in “Activity”. It is also worthwhile to have a look at the other reports: Map changes, Discussions, Traces and Notes.”
    For someone who contributes as much to OSM as Pascal does, you should have given some background for those of us who don’t follow his stats. What stats does he keep? What do you mean by “leaderboards.” What is “Activity”? One of his categories? Why is there no link to his pages so we can look at his work? You need to spell out the details in these reports. Most readers do not follow this stuff every day.

  3. Charlotte Wolter diz:

    “Heather Leson points to a survey concerning people in FLO (Free/Libre/Open) communities.” What is the name of the survey? Who is conducting it? What is the purpose? Can anyone participate? What does it have to do with OSM?
    C’mon guys! Most high school newspapers can do a better job than this?

  4. Charlotte Wolter diz:

    “Riley Champine, graphics editor at National Geographic, tweeted a link to slides of his presentation at NAICS 2019 on Mapping Refugees with Open Data. A bonus is the link to a Google Spreadsheet of a range of Overpass queries he used.”
    So, what’s the link to his slides or to his Twitter page? Of the link to the Google spreadsheet?

    1. escada diz:

      The word “tweeted” is a link to his tweet. From there you find all the links you need. I see no reason to repeat such information in the Weekly OSM. I’m used to a Weekly OSM containing only headlines. The rest of the information can be found on the linked webpage.

      For me, it would be a bad thing that the texts would be longer and take more time to go over. If I am interested in a topic I will click a link. No need for Weekly OSM to give an executive summary. A headline is sufficient for me.

  5. Manfred Reiter diz:

    Dear Charlotte,

    We are always interested in improving our reporting.

    The basic idea at weeklyOSM is that the reader opens the links and then continues there.
    I hope that this is also the case in the cases mentioned by you.

    Please consider what we do, we all do it on a voluntary basis in our spare time. You pick out 3 or 4 messages that you think should be reported in more detail. Can you imagine that this is simply not possible for about 40 messages that we produce weekly? Just for information – the proofreading of an issue usually takes 90 minutes!

    We would like to invite you to use our guest mode and then – as you wish – report more about the respective links.

    If you want to do that, just go here: , login with your OSM account – collect a link and write your report. It will then appear at least in the English edition. I can’t guarantee that it will be translated into the other languages.

    cheers

    Manfred

    1. Charlotte Wolter diz:

      Manfred,
      You mention links in stories. I found no links in the stories I commented on. I tried by clicking on the headline. Nothing. Then I clicked on the body of the story. Nothing.
      So, how does one get to the links that you mention?

Comments are closed.